A sociedade tem vivido um momento único de “boom” tecnológico por meio do acesso à internet que hoje está ao alcance de todos, independente de espaço geográfico, origem cultural ou meio social. O Brasil, por exemplo, é o país que mais possui usuários em redes sociais, isso significa intrinsecamente que os brasileiros estão sempre conectados. Em termos de mercado, observamos que enquanto os valores de vendas diretas caíram por conta da crise econômica, o mercado online, ou e-commerce, cresceu 34%. Em paralelo, temos uma busca incensante por informação.

Analisando esses fatores, é possível perceber o quanto o momento coloca em alta o mercado de oferta de conteúdo ou cursos online como um negócio em potencial.

Primeiramente, temos que desmanchar toda e qualquer má impressão que você tenha em relação à educação a distancia e, por consequência, cursos online, e reconstruir esse conceito deixando claro que um curso online não é um curso presencial em formato digital, a troca de conhecimento por meio desta metodologia vai muito além de apenas expor um conteúdo pela internet.

A produção de um curso online é sempre um processo difícil, pois muitas vezes não sabemos por onde começar, por isso seguem alguns passos de como realizar esta tarefa aparentemente árdua dividindo-a em etapas que lhe permitirão concluir a missão com sucesso.

1º Passo: Produção do conteúdo

“O sucesso da venda de um curso está na relevância de seu conteúdo”.

Com base no seu público-alvo, liste uma série de temas de conteúdos que você percebeu serem relevantes. A partir destes temas escolha um que você deseja abordar e faça um roteiro de tópicos, como um sumário de tudo que você sabe sobre o assunto.

A partir desta lista de tópicos, selecione alguns que se relacionem e que você possui maior autoridade e tente reunir seu conhecimento, todas as suas experiências e opiniões, adicionando às informações e opiniões de terceiros. Observe que seu curso pode conter um pouco dos dois, isso dará mais “corpo” e autenticidade ao seu conteúdo.

  • Dica 1: Faça uma pesquisa de opinião

Se um determinado tema está em alta e a reação das pessoas quando abordadas é em sua maioria positiva, você tem a garantia que aquele conteúdo tem um alto grau de relevância, visto à necessidade percebida.

  • Dica 2: Escolha um super título para o seu curso

Invista tempo para esse ponto. Lembre-se que o título do seu curso será o ponto central na pesquisa no meio online. Quer saber mais sobre este assunto, leia o post 6 dicas infalíveis para você criar títulos magnéticos.

Com todas essas informações reunidas é hora de produzir. Separe um horário do seu dia para escrever o seu curso e escolha um ambiente ideal, bem iluminado, livre de distrações e mãos à obra. Repita este processo até que a produção do material do seu curso esteja concluída.

Um conteúdo materializado não morre. Todo conteúdo falado pode ser esquecido, mas uma vez formatado em um meio, seja físico ou digital estará sempre vivo, e sendo digital poderá ser disponibilizado a todo o mundo.

2º Passo: Design é tudo

Design pode ser definido como “disciplina para criar o novo”. É importante ter em mente que um curso online com resultados positivos em venda tem que se diferenciar dos modelos tradicionais, com a utilização de novas alternativas pedagógicas, de modo a aperfeiçoar o processo de aquisição da informação.

“Uma imagem vale mais do que mil palavras”.

Assim, pesquise imagens, vídeos e referências, e inclua como parte do seu conteúdo. Esses recursos encantam os olhos dos seus alunos, facilitam a disponibilização do conteúdo e tornam o aprendizado eficiente.

  • Dica 1: Use o Google

No Google você encontrará excelentes referências e materiais dos mais diversos tipos.

  • Dica 2: Pesquise pelos termos em inglês

Isso facilitará nos resultados a serem encontrados.

3º Passo: Escolha uma plataforma LMS

Para ofertar seus cursos e disponibilizá-los online você precisará de uma plataforma LMS (Learning Management System) eficiente, intuitiva e interativa.

Um LMS é um sistema de gestão de aprendizagem que permite disponibilizar diversos recursos que colaborem para a aprendizagem dos alunos. A escolha de uma plataforma de ensino a distância completa e funcional é essencial para a boa gestão do seu curso e para a garantia de sucesso na aprendizagem de seus alunos.

  • Dica 1: Divulgue uma amostra grátis

Para obter clientes você pode ter na sua plataforma alguns cursos gratuitos, por exemplo, um Webinar ou algumas aulas experimentais.

  • Dica 2: Elabore seus próximos cursos com base nas informações obtidas por seus primeiros alunos dos cursos gratuitos

Ofereça o que seu público quer consumir. Oferecer conteúdo com base na necessidade percebida do seu público-alvo é garantia de entrega de valor e sucesso do seu negócio. O resultado será o retorno desses clientes e a indicação dos seus cursos.

Dica Extra!

Existem ferramentas gratuitas que podem auxiliar na criação de conteúdos de forma prática e eficiente. Preparamos um checklist com 12 Ferramentas gratuitas para construir conteúdos de cursos online.

Até a próxima! 🙂

 

Postagens Relacionadas