Cursos Online

Já vimos aqui no Blog do Elore que o ensino a distância é a bola da vez! Um modelo de aprendizagem diferente que tem dado o que falar. Apesar disso, muitos ainda questionam não só a qualidade dessa metodologia de ensino, como também os profissionais que optaram por uma formação seguindo esses moldes.

Assim, os pretendentes à aquisição de cursos de formação superior em EAD se vêem diante de dúvidas que surgem e que vão desde a escolha do curso, sua qualidade e peso, a escolha da instituição, se cumprem bem o papel na oferta dos conteúdos neste formato, se possuem ambiente virtual funcional e um acompanhamento eficaz. Lembrando que, o sucesso da aprendizagem nessa ou em outra modalidade de ensino depende da disciplina, dedicação e responsabilidade do aluno.

Por isso, reuni algumas dicas apontando o que você deve considerar na hora de escolher o curso e a instituição de ensino ao iniciar uma formação em EAD. Anota aí!

#Dica 01: Pesquise sobre a instituição e o curso escolhido.

Verifique se ambos são reconhecidos pelo Ministério da Educação(MEC) e possuem a melhor avaliação. O MEC avalia as instituições que ofertam cursos de formação superior de uma forma geral, analisando dois conceitos: Conceito Institucional e Índice Geral de Cursos, e individualmente, separando cursos da modalidade presencial e a distância, dando notas  de 1 a 5, sendo as notas 1 e 2 insatisfatórias, de 3 acima, “avaliação positiva”). No site do e-MEC, é possível ter acesso à nota dada ao curso EAD em análise na instituição escolhida. Vale ressaltar que a pontuação de um curso difere de acordo com a modalidade.

#Dica 02: Analise o histórico da instituição

Desde o final do século XX tem-se percebido um crescimento potencial nos segmentos do ensino superior privado que protagonizaram ações de empreendedorismo cujos resultados estão na base das transformações hoje em curso. A busca por um lugar no mercado gerou uma competitividade baseada não na qualidade do ensino, mas sim na consolidação de uma marca. Por isso, antes de escolher uma instituição de ensino analise o que esta tem a lhe oferecer e qual a experiência e o legado enquanto ofertante de cursos EAD.

Instituições presentes no mercado há mais tempo, certamente, possuem uma estrutura física maior e uma logística proporcional a sua extensão. Porém, no que diz respeito ao que é necessário para um bom curso EAD outros requisitos ganham prioridade, como por exemplo, a plataforma online escolhida ou a metodologia desenvolvida para aplicar o conhecimento. Ou seja, instituições bem renomadas em cursos presenciais nem sempre oferecem a mesma credibilidade em EAD.

#Dica 03: Leia as entrelinhas!

No Brasil, a Lei nº 9.394, de 1996, exige que pelo menos 20% de um curso EAD de formação superior possua atividades presenciais,como provas, trabalhos, aulas de inclusão ou aulas de laboratório. Para isso, é necessário que os pólos de ensino tenham uma estrutura básica como uma área administrativa, salas de estudo, laboratório de informática e biblioteca, e principalmente, a localização do pólo presencial mais próximo.

#Dica 04: Escolha algo que tenha a ver com você!

Ao dedicar seu tempo para estudar, é importante fazer isso com algo que desperte interesse para mantê-lo motivado em prosseguir. Passado esse processo inicial, certifique-se que você atende aos requisitos necessários para iniciar o curso selecionado.

#Dica 05: Escolha feita, é hora de auto avaliar-se.

Esteja ciente que para um melhor aproveitamento do material fornecido online, como videoaulas e materiais de apoio, é necessário ter um bom computador, que permita a você baixar os conteúdos disponíveis e uma boa conexão de internet, para que suas atividades não sejam constantemente interrompidas. Além disso, é importante que seu ambiente físico de estudo seja limpo, arejado e bem iluminado. Todos esses fatores, irão te trazer conforto, ajudar a usar com qualidade seu tempo de estudo e tornar o momento da aprendizagem  prazeroso.

Espero que esse post além de esclarecedor em alguns aspectos, sirva de inspiração e motivação para você que quer estudar e encontrou na educação a distância a viabilidade para alcançar seus objetivos.