Em um de nossos posts, falamos um pouco sobre segmentação e como aplicar isso ao seu negócio digital. Vimos que antes de iniciar o processo de construção e definição das principais ações que vão nortear seu negócio é necessário conhecer seu consumidor. É nesse momento que surge a necessidade de definir seu público-alvo e suas personas, pois é a partir daí que você irá compor seu plano de marketing e relacionamento com seus clientes.

Em busca de afinar ainda mais uma construção sólida do seu projeto EAD, esse post irá esclarecer a principal diferença entre público-alvo e persona, ou buyer persona, te ajudando assim a identificar o principal perfil de consumidores do seu info-produto, conteúdos online, permitindo traçar ações de vendas estratégicas e direcionadas.

Antes de mais nada, precisamos esclarecer que os termos público-alvo e persona são duas coisas diferentes, atuando cada uma com um objetivo distinto, embora seja com o trabalho e pesquisa de ambos que as estratégias de venda serão traçadas.

O público-alvo (ou targert) vai te ajudar a entender para quem você vai vender seu produto, no caso cursos ou conteúdos online. É um segmento no sentido amplo e genérico, no caso, uma grande quantidade de pessoas que podem se interessar pelo produto ou serviço que você fornece, mas não necessariamente serão clientes.

Para definir seu público, é necessário compilar dados como:

  • Faixa etária;
  • Profissão;
  • Sexo;
  • Renda;
  • Classe social;
  • Hábitos de consumo;
  • Escolaridade;
  • Localização.

Observe que os dados gerados a partir destes questionamentos resultarão em um conjunto de diferentes perfis, mas ainda assim temos dados gerais que não direcionam suas ações. Por isso é necessário personificar seu público-alvo, ou seja, criar um personagem que represente seus compradores.

Mas afinal, o que é uma persona?

 

Persona é a representação ideal do perfil do seu cliente, no caso, do aluno que busca seu projeto EAD, e é claro, no segmento do seu público-alvo podem existir vários.

Cada persona será a representação imaginária dos seus clientes. Entendendo cada uma, será possível elaborar estratégias baseadas em dados e não suposições, como uma estratégia de marketing digital assertiva por exemplo. Assim você foca seus esforços e produção dos cursos para quem você vai sempre gerar conteúdo, ou seja, realmente é um consumidor em potencial dos seus conteúdos EAD.

 

Como descobrir quem são minhas personas?

 

Você precisa descobrir quem são e quantas personas compõem seu negócio, então faça uma  pesquisa, que poderá te ajudar a segmentar melhor seu nicho.

A definição de sua persona é a definição do conjunto de características que compõem os vários perfis de consumidores dos cursos que você pode ter, ao conseguir identificar seus desejos e necessidades. Essa construção ajuda você saber os perfis ideais de consumidores dos seus conteúdos, e passar a elaborar materiais focados em cada grupo de compradores.  

Antes de iniciar o processo de criação das suas personas, pergunte-se:

Quem são meus alunos? Por que querem comprar meus cursos?

Quais são seus hábitos, o que pensam do meu conteúdo e esperam encontrar em meus cursos?

 

Para te auxiliar, montamos um passo a passo te dando algumas dicas com informações essenciais para iniciar o processo de criação das suas personas.

  • Defina quantas personas seu negócio tem

O seu negócio é que vai dizer  quantos perfis representando seus cliente potenciais  dos cursos que você oferta.

  • Determine um conjunto de especificações básicas

É importante saber dados como área de atuação, idade, nível de escolaridade, e até onde se concentra seu público. Essa informações ajudaram você a construir os perfis de compradores dos seus cursos.

  •  Objetivos X Necessidades

Sabendo e compreendendo o que seus alunos querem, é mais fácil produzir conteúdos e cursos que realmente vendam.

  • Quais são as dores dos seus alunos?

Que metodologia e conteúdo seu curso tem que pode suprir a necessidade do seu aluno, e como você conteudista se propõe a ajudar quem compra seu material?

 

Ao responder questões como essas, você terá uma visão clara das necessidades do seu público-alvo e poderá trabalhar de forma mais rápida em soluções que atendam as necessidades dos seus futuros alunos, possíveis compradores de seus cursos.

 

Abaixo listamos também algumas dicas essenciais para você começar o processo de desenho do seu mercado EAD:

  • Aplique as pesquisas que fizer para pessoas que são compradores em potencial;
  • Que tipo de resposta sua empresa espera receber a partir das perguntas que faz?
  • É essencial saber com clareza que informações você deseja saber  para que ao receber as respostas, você não fique confuso e saia do foco.
  • É através dos dados coletados, números reais baseados em fatos que você vai traçar estratégias de vendas, marketing e construção de novos conteúdos.
  • Se você já ministra aulas presenciais, comece aplicando a pesquisa para todas as suas listas de contatos, redes sociais e amigos que partilhem do mesmo interesse pelo assunto.

 

Que ferramentas utilizar?

Hoje já existem ferramentas online gratuitas que podem ajudar no processo de pesquisa e construção da sua persona através de formulários, por isso listamos algumas delas. Assim, você mesmo pode identificar suas personas a partir de formulários personalizados. É o ponta pé inicial para quem está começando um negócio online.

Uma opção gratuita do Google que permite criar formulários e enviar o link do para sua base de dados ou conhecidos.

Também permite a coleta de dados para tomada de decisões, e possui modelo básico de formulário pronto.

Uma ferramenta mais robusta, que facilita o encontro de palavras chave que um  público específico pesquisa no Google, agrupando palavras em nichos, o que vai facilitar e otimizar seu trabalho de pesquisa e tempo.

Trabalhando em parceria, duas grandes empresas criaram essa ferramenta que vai ajudar quem está buscando como criar uma persona em uma ferramenta online e gratuita.

 

Em conjunto, público-alvo e personas, possuem conceitos diferentes mas podem complementar uma a outra tornando as estratégias de marketing digital mais assertivas.

 

O público-alvo atuando em estágio inicial do funil de vendas e para as personas, algo mais direcionado, de acordo com o contexto dos clientes em potencial ou para aumentar o nível de confiança dos atuais alunos, tornando mais humano sua relação com os alunos, e os mesmos com sua organização.

Esperamos que esse conteúdo auxilie na construção do seu negócio EAD, e assim você possa modificar positivamente a vida de todos que adquirem conhecimento através do seu saber e vontade de ensinar.   

 

Postagens Relacionadas