Quantos vídeos online você já assistiu hoje?

Com certeza, a resposta a essa pergunta nunca será menor do que zero. Os vídeos online estão cada vez mais presentes no nosso cotidiano e chegam até nós através de vários canais e formatos. Seja por redes sociais como YouTube, Instagran e Facebook, ou aplicativos de comunicação como Whatsapp ou Skype, ou ainda por plataformas OTT como a Netflix e o Spotify.

“OTT ou Over The Top são conteúdos produzidos especificamente para serem distribuídos no meio online.”

A presença atuante do vídeo hoje só aumenta a projeção desse formato de conteúdo para o futuro, principalmente com o avanço acelerado das tecnologias assim como pela mudança no perfil comportamental das pessoas.

Muito utilizado na indústria do entretenimento já há algum tempo, o que vemos hoje são setores como a educação, comércio, indústria e principalmente informação aderindo a esse recurso para promover ideias, marcas e negócios. E este é o principal insight percebido: ver nos vídeos online uma oportunidade de negócio, seja lançando um novo, seja revolucionando um já existente.

Neste post, vou listar algumas tendências para o uso de vídeos online. Fique atento! Você vai perceber que se ainda não começou a produzir vídeos você já pode estar ficando para trás.

 

Tendência 1: VR (Realidade Virtual) e Realidade Aumentada

Sem entrar muito no mundo “nerd”, a realidade virtual é uma tecnologia de interface com potencial de “enganar” os sentidos de um usuário utilizando elementos capazes de formar um ambiente virtual, gerado a partir de um sistema computacional. Utilizando de efeitos visuais, táteis, sonoros, a realidade virtual busca proporcionar uma completa imersão em um ambiente digital simulado. Produtos como óculos e headsets de realidade virtual são tendência desde o ano passado, mas já era possível ver essa tendência prevista há muito tempo, em filmes como MatrixMinority Report e Avatar, ou ainda hoje, em filmes como O Jogador Nº 1 que é baseado em um livro sobre o mesmo tema.

Já a realidade aumentada busca misturar locais reais com criações virtuais, um exemplo muito clássico é o jogo Pokémon GO que “cria” objetos virtuais, os pokémons, ao seu redor.

O objetivo desse tipo de tecnologia é ampliar a imersão das pessoas em uma experiência de imagem e som que as transporte para ambientes digitais, no caso da realidade virtual, ou complemente o mundo externo, como na aumentada, e somente com o uso de vídeos e sons combinados a tecnologia seria possível alcançar esse objetivo.

O cérebro humano recria a realidade com base em informações recebidas: profundidade, luz, direção ou posição do corpo. Através dos vídeos e técnicas de renderização, latência e terceira dimensão (3D) é possível combinar estes elementos e criar ilusões capazes de “enganar” qualquer um.

Apesar ainda não ter caído no gosto do consumidor, VR e realidade aumentada já é uma tendência.

 

 

Tendência 2: VoD (Video on Demand)

Traduzindo, video on demand significa vídeos sob demanda. Há algum tempo, para que você pudesse assistir vídeos na internet, era preciso fazer um download – que poderia levar horas, dependendo de sua conexão – ou, de maneira online, esperar o carregamento por completo para assistir sem falhas. Bem, a evolução da tecnologia possibilitou que o usuário assistisse o vídeo na mesma proporção em que é carregado. Além disso, esses arquivos de vídeos ficam armazenados e é possível assistir uma série deles quando e no ritmo que quiser.

Por isso, os chamados videos on demand começaram a fazer o maior sucesso, pois auxiliam na fidelização do usuário, proporcionando autonomia para que mais de um vídeo seja assistido em sequência, sem a necessidade de download.

 

Tendência 3: Self Video

Lendo um pouco sobre as duas tendências que citamos anteriormente você deve estar pensando: “nunca vou conseguir alcançar esse mercado e me posicionar pois precisaria de muito investimento e tecnologia para aplicá-las ao meu negócio”. Keep calm, e atente pra esta terceira tendência.

Nadando contra a corrente, vem uma tendência chamada self video, que consiste na produção de vídeos autênticos, com produções simples, modestas, mas com conteúdos relevantes e atrativos, ou simplesmente legais.

Enquanto muita gente ainda se preocupa demais com a qualidade de edição dos vídeos e não publica nada que não possa avaliar diversas vezes e inserir milhares de cortes e efeitos, uma das tendências mais fortes desse ano em diante são os self videos.

 

Agora, você deve estar se perguntando o que tudo isso tem a ver com seu negócio, não é mesmo?

Bem, se você estiver em busca de alavancar sua empresa e entende a necessidade de estar por dentro da tecnologia para alcançar melhores resultados, pode ter certeza que esse assunto é, exatamente, para você.

Talvez você não saiba, mas o Brasil é o oitavo maior mercado do mundo em vídeos online, e é exatamente por isso que é importante que você analise as oportunidades que o conteúdo audiovisual pode proporcionar para o seu negócio e entenda como se adaptar a essa revolução online.

Os assuntos mais abordados em vídeos hoje são negócios, marketing e vendas, e educação. Meu palpite, é que esses assuntos são os de maior interesse do público. Então, se você já atua ou pretende atuar em algum deles é preciso se posicionar e se adaptar ao que o público exige. Além do entretenimento, um dos principais motivos que levam as pessoas a assistirem a vídeos online é a busca por aprendizado. O YouTube, por exemplo, está repleto de vídeos no estilo de tutoriais ou passo a passo que causam muito engajamento por parte do público online.

Com isso, o mercado EAD tem se consolidado e se mostrado uma oportunidade gritante que bate as nossas portas com possibilidades infinitas e, se tratando de um formato que se reinventa constantemente, as oportunidades de negócio também se tornam as mais variadas possíveis!

Então, eu te pergunto: como usar o poder dos vídeos online e vender seus conteúdos de forma simples e segura?

Uma solução é ofertar vídeos em conteúdos online através de cursos livres ou webinars em plataformas LMS como a Elore. #Ficaadica

 

 

 

Referências:
http://construtechventures.com.br/news/realidade-virtual-tendencias-em-tecnologia-para-o-setor-de-construcao-e-imobiliario/
https://conferenciacorp.com.br/video-on-demand-saiba-o-que-e/

1 comentário

  1. Olá gostei do artigo para mim que estou começando agora são dicas valiosas Pois os cursos negocios oline tem crescidomuito com essa estratégias nosso negócio fica com uma maior quelidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário