Como já vimos aqui no Blog do Elore, o webinar é a ferramenta de marketing de conteúdo sensação do momento, pois gera um número alto de leads com menos esforço do que a produção de outros materiais, permite trabalhar temas mais avançados e cria uma proximidade entre seu negócio e seu público.

Aprendemos também sobre algumas das principais ferramentas utilizadas no mercado onde, entre elas estava o Hangouts On Air. Porém, em agosto de 2016 o Google retirou do ar esse serviço e o incorporou ao YouTube Live, “sugerindo” assim a substituição de um pelo outro.

Essa mudança pegou muitas pessoas, já acostumadas com a facilidade de uso do Hangouts, de surpresa. Por isso, preparamos um tutorial de como utilizar e preparar transmissões no YouTube Live e algumas dicas de uso dos recursos que essa ferramenta pode oferecer a você.

 

#Passo 1: Você precisa ter uma conta no YouTube

Assim como para o uso do Hangouts On Air, para criar eventos ao vivo no YouTube é necessário ter uma conta vinculada a um canal ativo na plataforma, porém não somente ativos, mas principalmente verificados, ou seja, ter o  selo de verificação  exibido ao lado do nome da sua conta ou do seu canal no YouTube. Este selo confirma que o conteúdo de vídeo distribuído pertence oficialmente ao criador de conteúdo, à marca, à empresa ou à organização representada pelo canal.

Você pode verificar o status do seu canal acessando sua conta. Depois de fazer o login, clique no seu avatar, no canto superior direito da página, e, em seguida, clique em “Estúdio de Criação”, depois, clique em “CANAL”, opção “Status e recursos”, no menu à esquerda. Lá você poderá verificar seu status em relação a todos os recursos da plataforma e executar as ações necessárias quando percebida qualquer irregularidade.

1-1

#Passo 2: Crie um evento para transmitir o webinar

Na mesma tela, ESTÚDIO DE CRIAÇÃO, clique em “TRANSMISSÃO AO VIVO”, opção “Eventos”, também no menu à esquerda. E então, clique em “Novo evento ao vivo”.

Na tela de “Informações e configurações” você irá criar o seu evento com todos os dados necessários. Coloque o título da transmissão e a data e horário em que ela irá acontecer. Do lado direito, normalmente, deixamos o vídeo como não listado para não aparecer de forma automática em nosso canal do YouTube.

Fique atento principalmente à seleção do tipo de transmissão que pode ser “Rápido”, em que o fluxo e recursos são os mesmos utilizados no Hangouts On Air, ou “Personalizar”, que traz outras opções de codificação. A primeira opção é mais simples de utilizar e entrega todos os recursos necessários para um webinar.

 

Pronto, realizados os passos anteriores, seu evento já está criado e ficará listado na sua página de eventos.

#Passo 3: Publique seu evento

Agora, você poderá publicar seu webinar em uma plataforma LMS, site ou utilizar o próprio YouTube como canal de acesso à transmissão.

Para incorporar esse evento em outra página você precisará do link de incorporação, e para obter esse link basta clicar no evento criado, onde você será encaminhado a uma página comum de vídeo do YouTube e poderá pegar o link de compartilhamento do vídeo, bem como o código para incorporá-lo, clicando em “Compartilhar > Incorporar”.

#Passo4: Inicie seu evento

No dia e horário agendado para realização do seu webinar, logue na sua conta no YouTube, e vá até a lista de eventos criados, clicando em “Estúdio de Criação” > “TRANSMISSÃO AO VIVO” > “Eventos”. No evento a ser transmitido, clique em “Iniciar Hangout On Air”.

 

A página de transmissão será aberta e você poderá começar após clicar no botão “Iniciar Transmissão”.

 

 

Concluindo…

Você observará que algumas coisas mudaram com a incorporação do Hangouts On Air ao YouTube como as funcionalidades de perguntas e respostas, showcase e aplausos, por exemplo, que não estarão mais disponíveis. Mas, os recursos principais permanecerão, como as realizações de transmissões ao vivo com até oito horas de evento contínuo, que conta com a infraestrutura do Google, e ao final do evento, o Google grava o vídeo automaticamente no YouTube, permitindo que quem não pôde assisti-lo ao vivo acesse a gravação pelo mesmo link.

 

Algumas coisas que você precisa saber sobre transmissões:

Depois de muitas experiências com webinars aprendi algumas coisas e gostaria de compartilhar algumas dicas com você:

Dica 1: Teste sempre seu áudio e vídeo minutos antes da transmissão. Uma opção é inclusive criar um evento teste e assistir para analisar a qualidade, posicionamento da câmera e iluminação. Não irá adiantar nada transmitir um evento em que os espectadores não conseguem lhe ver ou ouvir.

Dica 2: Se você for utilizar slides em seu evento a melhor opção é fazer o upload de sua apresentação em um drive web, por exemplo, no One Drive ou Google Drive,  e compartilhar a página de transmissão da apresentação. O comportamento desses arquivos neste tipo de serviço garante melhor a performance da apresentação, evitando travamentos entre a passagem de um slide a outro, por exemplo.

Dica 3: Outra dica importante sobre compartilhamento de tela é que existem sistemas e aplicativos não compatíveis com o Hangouts On Air, onde ao tentar compartilhar a tela de execução destes, a mesma encerra e volta a exibir a imagem do apresentador. Não se desespere, nestes casos, a opção é compartilhar a “Tela Inteira”, assim, a transmissão mostrará, ainda que indiretamente, todo e qualquer aplicativo ou sistema exibido na tela do seu computador.

 

Não é tão difícil assim! Faça você mesmo alguns eventos de teste e use essa super ferramenta para aumentar sua presença online e alavancar suas vendas de cursos online.

Postagens Relacionadas